segunda-feira, 15 de outubro de 2007

o mercado do pao com chocolate

Quem é fan dos pães com chocolate (como eu) e o consome quase todos os dias, certamente é sensível ao aumento preço de tal produto.
Na faculdade, os bares vendem-no e quem sonha com ele logo de manha nas aulas teóricas depois de um pequeno almoço que se resume a um actimel e uma maça durante longa (???)e interminável viagem de casa ate a estacão de comboio logo as 6 e meia da manha, mal esteja na pausa de 15 minutos entre as aulas, vai directinho ao bar comprar algo que nunca pode comprar nos seus tempos de escola: um maravilhoso e delicioso pão com chocolate.
Pomo-nos na fila e tentamos adivinhar o preço: ora um pão com chocolate não e complicado de se fazer nem as matérias primas são caras ou difíceis de obter, logo, logicamente o pão não deve custar mais de 70 cêntimos digo eu, mas por outro lado, continuamos na era em que ir ao café e uma actividade social e um local de encontro “ O que fazemos hoje?” “ Bora ao café?”. E uma resposta óbvia e automática praticamente ou então o café e o local onde nos dirigimos quando não temos mais ideias (e quando não nos apetece pensar muito para ter outra ideia como nos acontece tão frequentemente). Ora acontece muito simplesmente que os cafés sabem desse nosso hábito. Pralem de fazerem um estudo de mercado sobre o lugar ideal (os cafés ao pé da praia são sempre tão caros) tem também algumas noções de sociologia e sabem com razão que certos produtos como o pastel de nata, ou o café ou no meu caso o pão com chocolate não deixam de ser vendidos se o preço aumentar ligeiramente.
Voltando ao momento em que estou na fila no bar da minha faculdade. Espero e olho para os outros pasteis e para os pratos do dia (curiosamente há sempre alguém a almoçar as 11 da manha) e finalmente chego a caixa e lá peço o meu pão com chocolate. Quando a senhora me diz “ São 86 cêntimos” não consigo evitar de pensar o caro que é (vamos lá converter isso em pastilhas) e de como é um número quase ridículo para um pão com chocolate. Tirando o facto de ser caro e que devia ser menos (aposto que e o que dizem todos os fans de pão com chocolate) esse 6 é parvo e só serve para eu me livrar daquelas moedas insignificantes que tantas vezes vejo no chão sem nunca ninguém as apanhar e que daqui a uns anos nem terão valor legal. Porque 86? Já nem digo 50 cêntimos (o preço do meu kinder bueno quase diário também), mas porque não 80? 85? Seria muito melhor para nos, os consumidores e acredito que para a senhora da caixa também daria muito jeito pois eu para me vingar (se bem que ela não tem culpa nenhuma e acreditem eu sei disso) pago-lhe mesmo em moedinhas de 2 e 5 cêntimos.
Enfim, tudo isto para protestar contra o absurdo do preço do pão com chocolate e no ridículo que é eu ter que procurar 6 cêntimos na minha carteira e chegar ao ponto de dizer a senhora “falta-me um cêntimo”.

1 comentário:

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.