terça-feira, 17 de março de 2009

À prova da caça à multa

No mesmo dia em que leio um artigo do Kofi Annan sobre os efeitos da crise em áfrica (nada falados nos grandiosos media portugueses) recebo um e-mail relatando o espectacular novo (se calhar não é assim tão novo quanto isso) bólide do princípe Waleed da Arábia Saudita. Ora observem bem esta máquina que além de veloz cai num ridiculo que nem o 50 centimos sonhou alcançar. Sim poraue ninguém pede estofos daqueles!



(Imagens tiradas daqui)

Quanto aos diamantes, esses são fixes, quem te dera ter um carro assim tão brilhante! Além de ser fixe e caro, tem a vantagem de nunca receber multas por excesso de velocidade porque cada vez que o flash dispara o reflexo é tal que tudo o que fica na foto é uma espécie de ovni, uma espécie, de ponto de acesso à próxima vida vah (Do you see the light? It's time for you to cross over now).

4 comentários:

Anónimo disse...

Poderia estar aqui a divagar o dia todo sobre a crise... mas este artigo, só me sugere dizer que a crise é só pra alguns!
Adoraria possuir um veiculo como este, nao por poder "fugir" ás multas (tipico do sexo masculino), mas, porque acredito que me ficaria melhor,"Diamonds Are a Girl's Best Friend"!

Apu disse...

Ao dono de um carro como esse eu só diria uma coisa: "O meu antigo carro (Opel Corsa amarelo) não custou provavelmente nem um centésimo do que o senhor pagou pelo seu e no final faz exactamente o mesmo que o seu".

Anónimo disse...

Esperava de si um comentário diferente e menos banal. Isso que escreveu é um comentário que classificarei de “comentário cliché”, escreveu só o tipicamente correcto, e o que o ser humano comum gostaria de ler, após a leitura deste artigo. Mas pergunto-lhe se não faria o mesmo, se tivesse a mesma sorte, chamar-lhe-emos assim?

Apu disse...

Sendo eu um assumido forreta, gastar dinheiro num carro com diamanates era a última coisa que eu me lembraria de fazer